notícias

Há 59 anos a República Centro-Africana é independente

Há 59 anos a República Centro-Africana é independente

13

agosto

Há 59 anos a República Centro-Africana é independente   Apesar do marco histórico, o país é um dos menos estáveis do mundo e enfrenta vários desafios assustadores   A República Centro-Africana é um país localizado no centro da África, vizinho de nações como Chade, Sudão, Congo e Camarões. A capital do país é Bangui. A República Centro-Africana foi uma colônia francesa chamada Ubangi-Shari. Mas, em 1960, Ubangi-Shari conquistou independência da França, ainda que continue pagando tributos anuais ao país europeu. Pouco falada na mídia internacional, a República Centro-Africana é palco de conflitos e violência. Apesar das grandes riquezas naturais, motins e um histórico de golpes mergulharam o país em pobreza. Como resultado de décadas de instabilidade política, uma posição geográfica sem litoral e a prevalência da agricultura de subsistência, a República Centro-Africana é um dos países menos desenvolvidos do mundo.  No meio desta realidade, estão os cerca de 3,5 milhões de cristãos perseguidos por sua fé. Embora exista uma força de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no país, o índice de violência e conflitos religiosos são altos, especialmente na região norte, onde a situação para os cristãos é bastante dura. A República Centro-Africana ocupa a 21ª colocação na Lista Mundial da Perseguição 2019, e o principal tipo de perseguição no país é a opressão islâmica, derivada de grupos rebeldes locais, como Seleka e as milícias Anti-Balaka. Numerosos grupos dissidentes do Seleka são particularmente responsáveis por matar cristãos. A igreja, o Estado e a sociedade na República Centro-Africana estão envolvidos em uma experiência dramática. Líderes cristãos condenaram a violência do grupo Anti-Balaka, e por isso, foram ameaçados e as igrejas foram queimadas e saqueadas. O conflito resultou no deslocamento de milhares de cristãos, forçados a viver em acampamentos e perder suas casas e meios de subsistência. Além da insegurança e da violência que todos os cristãos enfrentam, os cristãos ex-muçulmanos também enfrentam a perseguição que vem de seus familiares mais próximos. Neste dia, interceda por este país que tanto precisa do amor de Deus.   Pedidos de oração
  • Clame pela graça de Deus sobre a vida de todos os cristãos que enfrentam os grupos Seleka e Anti-Balaka; muitos deles perderam entes queridos e precisam de cura e consolo.
  • Peça a Deus pelos cristãos, que eles tenham graça para responder à opressão dos mais próximos e de todos os anticristãos de maneira espiritual, colocando sua confiança no Senhor.
  • Interceda pelo governo, para que junto com forças internacionais, possa restaurar a paz e a ordem na República Centro-Africana.
Fonte: Portas Abertas

visitante

1 8 0 4 0

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar