notícias

No Irã, juiz chama cristãos de apóstatas e diz que Bíblia foi fabricada

No Irã, juiz chama cristãos de apóstatas e diz que Bíblia foi fabricada

13

agosto

No Irã, juiz chama cristãos de apóstatas e diz que Bíblia foi fabricada Presos no começo do ano, os cristãos são da Igreja do Irã e, como todos os cristãos do país, não têm proteção da lei                      No dia 28 de julho, quatro cristãos compareceram para audiência no tribunal, acusados de ameaçar a segurança do Estado e de promover sionismo. O sionismo se refere àqueles que defendem o direito à autodeterminação do povo judeu e à existência de um Estado nacional judaico independente e soberano no território onde existiu o antigo reino de Israel. Os quatro cristãos foram presos em várias batidas policiais na cidade de Rasht, no norte do Irã, em janeiro e fevereiro deste ano. O juiz disse que a Bíblia foi fabricada e que eles eram apóstatas, segundo informa o site Christian Solidarity Worldwide (CSW). Os quatro cristãos são membros da mesma igreja, a Igreja do Irã, cujo pastor, Youssef Nadarkhani, foi condenado a dez anos de prisão em julho de 2017. Em outro julgamento que aconteceu quatro dias antes, outros cinco membros de igrejas foram enviados de volta à prisão sob fiança ainda maior. Um deles era Abdorelza Ali Haghnejad, cujo caso temos acompanhado. Isso porque eles se recusaram a substituir o advogado deles por um advogado designado pelo tribunal, como informa o site Middle East Concern. No país de maioria muçulmana, os cristãos são considerados uma “influência ocidental” e uma ameaça à identidade islâmica do país. O governo tem tentado impedir o crescimento da igreja. Como resultado, os cristãos são proibidos de compartilhar a fé com não cristãos e não podem frequentar cultos cristãos. Isso os força a participar de igrejas domésticas informais. Cristãos ex-muçulmanos são particularmente vulneráveis por serem considerados apóstatas e não têm proteção legal sob a lei iraniana. Escreva para cristãos presos no Irã Imagine a situação desses cristãos que foram presos por crer em Cristo. Você pode fazer mais! Além de imaginar e orar, envie um cartão para eles, levando palavras de fé, esperança e encorajamento. Veja aqui todos os detalhes de como escrever seu cartão e mostrar que eles não estão sozinhos. Fonte: Portas Abertas

visitante

1 8 0 4 1

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar