notícias

Nordeste domina lista das cidades mais "pós-cristãs" da América: Barna Report

Nordeste domina lista das cidades mais

10

junho

Nordeste domina lista das cidades mais "pós-cristãs" da América: Barna Report   A parte nordeste dos Estados Unidos, outrora conhecida como um baluarte de puritanos e outras seitas cristãs rígidas, agora domina a lista das 10 cidades mais “pós-cristãs”, de acordo com um relatório do Grupo Barna.    Para o relatório, divulgado na quarta-feira , Barna retirou os dados com base em entrevistas com 21.378 adultos conduzidos ao longo de um período de 10 anos, concluído em abril de 2018, com um erro de amostragem de mais ou menos 0,7 pontos percentuais. As cidades foram listadas em classificações de áreas geográficas conhecidas como Áreas de Mercado Designadas, termo desenvolvido pela The Nielsen Company para definir um mercado de mídia local. Springfield-Holyoke, Massachusetts, foi classificada como a cidade mais pós-cristã da América, com 66% da população pesquisada se encaixando na definição de Barna para o termo. Springfield-Holyoke foi a primeira das oito cidades do Nordeste, ocupando os oito primeiros lugares da lista. O segundo lugar foi para Portland-Auburn, Maine, com 60% de pós-cristianismo. Os lugares de três a oito foram, em ordem decrescente, Providence, Rhode Island-New Bedford, Massachusetts (59%), Burlington, Vermont (59%), Boston, Massachusetts-Manchester, Nova Hampshire (58%), Albany-Schenectady-Troy. Nova Iorque (56%), Hartford-New Haven, Connecticut (56%) e Rochester, Nova Iorque (55%). Completando as dez cidades mais pós-cristãs estavam duas fora do Nordeste: Santa Bárbara - Santa Maria - San Luis Obispo, Califórnia, e Seattle - Tacoma, Washington, ambas com 54%. Para se adequar ao rótulo de "pós-cristão" de Barna, um respondente tinha que cumprir pelo menos 13 dos 16 critérios listados , que incluíam não acreditar em Deus, não comparecer à igreja nos últimos seis meses, nunca se comprometer com Jesus, não rezar para Deus na semana passada, não tendo lido a Bíblia na semana passada, acredita que Jesus não era sem pecado e não considera a fé importante em suas vidas. No caso de Springfield-Holyoke, 87% dos entrevistados relataram não ler a Bíblia na semana passada, 65% relataram não comparecer à igreja nos últimos seis meses e 60% relataram nunca ter se comprometido com Jesus. O relatório de 2019 da Barna sobre a maioria das cidades pós-cristãs se assemelha à lista divulgada no verão de 2017 em relação ao Nordeste, com oito posições no top 10 . Em 2017, Portland-Auburn encabeçou a lista em 57%, seguido por Boston-Manchester, com 56%, Albany-Schenectady-Troy, com 54%, e Providence-New Bedford, com 53%. Barna observou em seu relatório de 2017 que “a freqüência à igreja, a afiliação religiosa, a crença em Deus, a oração e a leitura da Bíblia estão caindo há décadas” nos Estados Unidos. "Por conseqüência, o papel da religião na vida pública tem diminuído lentamente, e a igreja não funciona mais com a autoridade cultural que detinha no passado" , acrescentaram. "Estes são dias únicos para a igreja na América, uma vez que aprende o que significa florescer em uma nova era 'pós-cristã'". The Cristian Post

visitante

1 8 7 1 1

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar